sábado, 23 de outubro de 2010

ÈGÙNMÒ

Uso nos terreiros:

Usada na iniciação dos filhos de Obaluaiyé e Nàná e, na consagração de seus objetos rituais e sacudimentos.

Planta consagrada a Obaluaiyé, associada ao elemento Terra. Propriedade gún e característica masculina.

Em Cuba, é conhecida pelos nomes lucumi atoré e efodá e atribuida a Ògún e Yemanjá (Cabrera 1992:562).

Uso em Ifá:

Do odu Òfún méjì em “trabalho para estabelecer um mercado público” (Verger 1995:327). Cujo öfö da folha é:

òdú L’ó ní k’éni rere ó wá duro tìmí

òdú diz que as pessoas boas devem vir e ficar ao meu lado

Outros nomes yorùbá: ègùnmò, ègùnmò, agunmò gàrà e òdú (Verger 1995:721)

Nomes populares: Erva-moura, maria-preta, pimenta-de-galinha, erva-mocó.

Nome latino: Solanum americanum Mill. Vel aff., Solanaceae

ÈGÉLE


Uso nos terreiros:

Conhecida popularmente como santa-luzia-da-terra esta planta é atribuída a Oxum e utilizada em banhos purificatórios e no àgbo.

Tem a finalidade de atrair prosperidade.

As folhas são considerada gún .

Uso em Ifá:

Do odu Owónrín òbàrà em “proteção para evitar que se façam trabalhos agressivos” (Verger 1995:437)

Esta planta foi classificada por Verger (1995:553) como Euphorbia Hirta L., todavia, trata-se de sinonímia.

Nomes populares: Corredeira, erva-de-santa-luzia, burra-leiteira.

Nome latino: Chamaesyce hirta (L.) Millsp., Euphorbiaceae

Origem: América tropical