segunda-feira, 29 de março de 2010

AWEREPÈPÈ

Uso nos terreiros:

Folha indispensável em todo àgbo, utilizada em banhos diversos para todos os orixás. Tem a função de ativar o poder das outras folhas e proteger contra negativismos. Atrai prosperidade.

Usada na consagração do jogo de búzios e para lavar os olhos.

Dedicada a Oxalá, Xangô (Airá) e Oxum.


Acredita-se que suas flores estejam ligadas a Èsù. Plantas gún.

Barros (1993:110) traduz o nome nagô desta planta como “chama louco” (Wèrèpèpe). Entretanto outros autores traduzem como “chamar coisas boas”

Uso em Ifá:

Usada nas iniciações de Ifá.

Citado no odú Òyekú méjì em “proteção contra maldições” (Verger 1995:443) com o öfö:

Awere pèpè ifá ni ó pelépè fún wa awerepèrè

Awere pèpè ifá diz que vecê deve matar o amaldiçoador.

Outro nome yorùbá: Ewerepèpè. (Verger 1995:723)

Nomes populares: Agrião-do-Pará, jambú, treme-treme, agrião-do-Brasil.

Nome latino: Spilanthes filicaulis (Schumach. & Thonn.) C. D. Adams, Asteraceae (Compositae)

Nenhum comentário:

Postar um comentário